Eu gostaria de ter uma namorada

Claro! Namoros não são perfeitos, mas eu gostaria de ter uma companheira, poder conversar, rir, passar tempo juntos fazendo coisas como por exemplo, assistir uma boa série. Trocar carícias, abraçar, ter uma vida sexual ativa, amar e ser amado. Ficar por ficar é gostoso, mas namorar é melhor. Namorar tem tudo o que ficar tem, e muito mais. eu tenho 18 anos e eu tenho medo de namorar e nao dar certo , de quebrar a cara , de comer muito meu tempo , eu tenho vergonha de trazer em minha casa por meus pais serem daquele tipo antigo etc , não sei o que fazer , eu sou muito feliz mas de vez em quando me bate aquelas solidoes sabe , de sentir um carinho etc , como fazer? nao costumo ir a baladas nem a igreja , só saio de vez em quando ... Sabe, eu gostaria de ter o dom de expressar em palavras tudo o que eu sinto por você, mas infelizmente não sou um poeta. ... Feliz aniversário, minha linda namorada! Você é uma pessoa maravilhosa, especial como não existe igual. Do seu lado eu sou feliz e sinto sempre paz. A você eu desejo tudo que de melhor a vida pode oferecer a ... Como se Comunicar Melhor com sua Namorada. Seu namoro pode ter começado forte, mas todos os relacionamento exige esforços para permanecer fortalecido ao longo do tempo. Uma das melhores medidas que um casal pode tomar para melhorar um... eu gostaria de ter uma namorada, e sei que é ilusão ter namorada, pois a mídia passa que ter namorada transforma sua vida melhor e feliz, mas é utópico ter namorada nos dias de hoje, onde é tudo relação liquida na era de app do namoro, rede social, vc faz amizade mas não dura muito tempo. então vc não é mais interessante para ninguém porque tem celulares para focarem no mundo ... Meu amor, obrigado por ser uma namorada tão boa para mim. Você é doce, meiga, atenciosa e faz com que tudo pareça mais leve. Carrego você dentro de mim por onde quer que eu vou, mas confesso que a minha vontade é de tê-la em todos os momentos ao meu lado, de mãos dadas e sentindo o calor que vem de dentro de você. Infelizmente, não há uma resposta clara para essa pergunta porque não existe uma, mas várias maneiras de conseguir uma namorada. Como cada pessoa também é diferente, vários caminhos levam ao seu objetivo. Às vezes você simplesmente tropeça em um relacionamento, outras vezes foi uma jornada árdua para ter aquela mulher especial ao seu ... Eu gostaria de obter ofertas especiais por email, para aumentar as minhas probabilidades de encontrar pessoas altamente compatíveis com o meu perfil Aceito em ter minhas informações processadas assim como foi dito no Política de privacidade Se você está em busca de uma namorada, eu tenho algumas dicas que podem lhe ajudar. Não prometo que será uma tarefa fácil (apesar de às vezes até ser), porém suas chances de encontrar alguém bacana aumentarão muito. Confira 10 dicas SENSACIONAIS de como ter uma namorada: 1 – Cuide de sua aparência – como ter uma namorada eu gostaria de ter uma namorada, e sei que é ilusão ter namorada, pois a mídia passa que ter namorada transforma sua vida melhor e feliz, mas é utópico ter namorada nos dias de hoje, onde é tudo relação liquida na era de app do namoro, rede social, você faz amizade mas não dura muito tempo. então você não é mais interessante para ninguém porque tem celulares para focarem no ...

relacionamento abusivo?

2020.09.22 03:06 ventonolitoral relacionamento abusivo?

eu acho que tô num relacionamento abusivo eu e a minha "namorada" estávamos juntos a uns 9 meses,estava indo tudo bem ou pelo menos achava que estava de uns 2 meses pra cá ela vinha agindo estranho,as vezes me ignorava na cara dura e mentia sempre sobre as coisas até aí "ok" (é meu primeiro namoro, então eu não sabia muito bem como reagir a essas coisas) de um mês pra cá tudo piorou, ela chegou dizendo que queria terminar do nada e eu fiquei meio ???? mas aceitei porque achava que seria melhor 3 dias depois voltamos e ficamos assim até esse sábado quando ela me disse que queria algo a mais,que não estava pronta pra ter algo sério comigo mesmo depois de 9 meses,disse que eu me apeguei muito rápido e isso fez mal pra nossa relação e no final terminou,dizendo que ela nunca quis que isso tomasse toda essa proporção mas eu ainda tô falando com ela e mesmo antes, ela nunca era uma pessoa que ligava muito para o que eu sentia eu sou muito sentimental,romântico e ela é muito fria, não demonstra sentimentos tão fácil assim e eu sempre fiquei mal com isso. toda minha família conhece ela e gosta, principalmente meu pai mas eu sequer conheço os pais dela,no maximo o irmão dela e uma prima bem distante. mas eu nunca quis terminar,eu gosto bastante dela(talvez ame) e eu não conseguia falar isso e desde que terminamos eu me sinto completamente vazio e sem esperança pra nada porque eu só tinha ela mesmo,agora não tenho nada ela ainda diz que podemos voltar mas ela precisa de um tempo e eu fico na expectativa toda vez,e desde sábado ela vem falando pouco ou quase nada comigo também,como se estivesse me evitando. eu não sei o que fazer,eu sei que não consigo cortar relações e gostaria de resolver as coisas como os adultos que somos,mas não sei se vale a pena depois de tudo que passei tenho medo de ficar traumatizado
submitted by ventonolitoral to desabafos [link] [comments]


2020.09.11 02:22 Gustavo172lag Eu tenho muito medo de ser triste no futuro

Eu tenho uma casa boa, família boa, nunca faltou nada em casa (até sobrou na verdade), a pandemia não afetou em nada a renda da nossa família e isso é motivo pra ficar louco de tão feliz kkkkk Sou um cara de 41 anos ao contrário, boas notas, bastante inteligente, minha namorada diz que eu sou bonito, inglês quase fluente, ano que vem começo a fazer um curso de mandarim pra ver se consigo (me desejem sorte kkkkkkk). Enfim, depois de me apresentar, vejo muitos posts aq no sub de gente extremamente triste por não fazer oq gosta, tanto no trabalho ou na faculdade e isso atualmente é um dos maiores medos. Uma informação importante pra qm ler até o final é que sempre quis ser rico (mais especificamente gostaria de ter bilhoes de dólares mas isso eh impossível já que meu pai nem minha mãe são donos de empresas e parando pra pensar nem preciso de tanto). Durante a quarentena comecei a pensar sobre que carreira quero seguir, e desde então não consigo parar de pensar nisso por 1 segundo, já chorei de tão ruim que é pensar nisso e ter tanta incerteza Eu não faço ideia doq gosto ou doq quero fazer e tenho inveja de quem já sabe oq ama e qual carreira quer seguir, eu só sei que quero ganhar um bom dinheiro. Já pensei em Medicina, muito trabalho pra alguém q talvez n goste; Direito, mais chato doq qualquer coisa; Administração? Não sei, muita incerteza na área até onde sei; Programação? Deus me livre trabalhar 8 hrs por dia com a bunda em uma cadeira e com a cara em uma tela. Se alguém puder dar algum conselho, se esqueço esse sonho de ser rico e procuro alguma coisa que goste, se sigo em uma carreira que não gosto e ganho dinheiro, se procuro alguma coisa que goste e vá para algum outro país? (Olha aí outra complicação, não sei se queria emigrar, já que sentiria muitas saudades da minha família e tenho certeza que minha mãe não aguentaria) Enfim kkk se alguém leu até aqui meu muito obrigado, e se vc puder me ajudar vai ser muito muito obrigado kkkk
submitted by Gustavo172lag to desabafos [link] [comments]


2020.09.09 22:17 BanselSavant A maldição da demissexualidade

Edit: a "namorada" me chutou. A gente ia se encontrar na segunda, adiou, na semana que vem, agora nunca. Depois n querem meu psicológico fodido. Me dispensou pois pretende se mudar pro nordeste e facilitei isso com umas informações que n tinha. Sucesso pra ela, enquanto eu continuo na merda. Nada muda E a outra lá eu chutei. Sanguessuga malvada
Acho que é óbvio o paradoxo, mas quero discutir. Sim, por causa da pornografia, um monte de fetiches e invejas me surgiram, como pegar em festa, ou em público, ou em situações específicas, etc, mas n sei se conseguiria fazer de fato. Sou um fracasso na vida, logo na sexual também. Todo sexo q tive foi pagando e o que foi "na amizade" mesmo pagando foi o único q gostei, justamente pela amizade, pela conexão, pelo gostar da mina. Posso ficar duraço com uma mina que vejo na rua, mas obviamente n poderia chegar ou tentar algo. Essas histórinhas de rolar com desconhecidos deve ser meme ou com sortudo, como uma que a ex (diaba muito diaba) me contou. Conversaram um pouco na piscina do hotel e foram e fizeram no banheiro. Queria muito saber como ele convenceu ela a isso, como ela n se arrepende e tal (n q deva ter motivo de arrependimento. Quero q ela se exploda), como rola essa conexão. Parece q existe palavra mágica. Invejo esses caras q conseguem boquete aleatório de desconhecida, etc. Roteiro de pornô, mas da uma depre pq existe na realidade e queria q rolasse comigo. Diversas vezes fiquei atraído e seria tão massa se rolasse, sem machismo, sem estupro, sem forçação, sem mimimi, só tesão, dois corpos se pegando. Obviamente acho q n sou atraente. Sou estranho, alto, magrelo, desvio os olhos, etc. (Tou melhorando, mas longe de ser um garanhão) Mas convenhamos q muitos feios pegam, que muitas minas só querem o pau e tão nem aí se o cara é casado, santo ou bate na mãe. Muitas tem seu tesão e queria topar com uma que só rolasse e tal. Seria tão massa. Maaaaas eu conseguiria? O pau continuaria duro? Conseguiríamos um posição confortável? São tantas dúvidas e pensamentos q quase piro. Por outro lado, quero a minha gata, passear pelo corpo dela, endeusá-la, ajudá-la a sentir todo prazer possível. Eu sou romântico. Mas parece que romantismo afasta as mulheres. Qual o problema de meter até o talo sim, num banheiro sujo qualquer, mas com carinho? N gosto mesmo da ideia de objetificar, por mais q tenha meus fetiches de dominação. Dominação é objetificar? O que difere uma mina que gosta de ser chamada de puta do cara que chama ela de puta? Ela é um lixo? Ele é um lixo machista? Acho que notaram q tenho dúvidas sobre pessoas em geral. Gostaria de entender, como lidar com as pessoas, como reconhecer que uma mina tá a fim... É meme aquela história (isso é exemplo) do caminhoneiro que mostrou o pau pra filha do dono do posto de gasolina, incentivou ela a entrar na cabine do caminhão, tocar nele, chupar ele, ele depois mandar ela se limpar e n dizer nada a ninguém e ainda ela ainda ter gostado de tudo isso? N que eu queira mostrar o pau por ai, mas já vi tanta história de cara exibicionista que despertou tesão na mina e comeu ela. Ou é tudo meme? Ou acontece mesmo, principalmente nesses interiores de fazenda, região rural e menos urbana ("menos civilizada")? Pessoal, são dúvidas sinceras. Meio que tou namorando agora e tou sem saber lidar com ela. N gooooosto dela, mas n quero perder ela. Eu sei que pareço um canalha que vai usar ela e depois abandonar, mas realmente n quero isso. Se for para deixar ela, ela vai continuar virgem, pq n vou me aproveitar. Já cometi uns erros na vida e minha disciplina está intacta, meu senso de moral engrossou. N é divertido machucar coração. N é divertido fazer mal a alguém. Mas já vi tanta história de casais q de comum acordo desvirginaram, mas n ficaram naquela de ficarem juntos para sempre. Já vi tanta história de nego q comeu e abandonou e a mina continua a vida como se nada tivesse acontecido, n sente raiva dele e tal. Deliberadamente eu casaria sem hesitar com umas meninas específicas, mas n essa "namorada". Moramos perto, mas ainda n nos vimos pessoalmente. Quando acontecer, vou poder estourar ela de beijos (devo, por palavra dela), mas nem pensar muito em algo sexual. Okay dela n daaar no primeiro encontro. Compreensível, mas em algum momento vai rolar. Acho q sinto um medo de ficar preso a ela. Sou muito sentimental e sabem a ex diaba q citei? Diaba pq ela casou e ainda me contata. E ela é de outro estado e nunca nos vimos pessoalmente. Ela me persegue, acho q esperando q eu mande ela tomar no cu e bloqueie. Mas n sou de fazer isso. Tenho raiva dela, mas se eu externar, meu coração q vai sentir e n vou ter um piripaque por causa dela. Mas é notável q ainda sou um pouco preso a ela. N no sentido amoroso ou sexual (quero que ela se exploda²), mas n consigo levantar o dedo para dar fim de vez a esse contato. Sinto q eu perderia algo. Sabem a história dela com o cara na piscina? Consegui arrancar dela indagando sobre tesão feminino, oq no homem atrai a mulher e tal, pois já que ela é mulher experiente e eu preciso de respostas, resolvi tentar aprender um pouco, tirar algum proveito dela, depois dela brincar tanto comigo. Gente, o que eu faço? Tou certo em algo? Tou errado em algo? Em q? Oq faço? N quero machucar ninguém e com essa postura acabei bem machucado pelos anos ae (antes e depois de eu ter cometido os uns erros que citei)
submitted by BanselSavant to sexualidade [link] [comments]


2020.09.09 02:21 Enscie Ejaculação precoce e antidepressivo! Desabafo e opinião

Opa galera, beleza?
Então fim de semana passado, sai com uma menina, fomos pra casa dela, ela colocou muita pressão querendo meter de primeira e eu gosto das preliminares para relaxar... Além de ter sido muito chato, pois ela não me deixava tocar no corpo dela sem ouvir um "não toque" ou que eu estava com o álito do que acabamos de comer ou beber... Enfim, depois de não ter feito nada, pois ate ao tentar usar meus dedos para estimular ela ela perguntava "O que vc esta fazendo?", "Não quero sua mão ai, quero outra coisa"... Depois de ouvir isso desde que sentamos na cama, eu acabei por gozar.... Dois dias depois ela veio me rebaixar por mensagem e dizer que eu devia me envergonhar disso... Enfim, não liguei mas sei que é um problema que precisa de atenção...
No inicio do ano meu namoro acabou e emprego ao iniciar a pandemia, então isso me casou uma grande ansiedade, tanto que as vezes dependendo do que ouso ou se me apressa muito, acabo por sentir um mal estar, e suar frio, a respiração muda e tals... Antes não tinha isso, tinha ansiedade e gozava rápido pela ejaculação precoce, mas com o antidepressivo Paroxetina e minha namorada dando apoio eu fiz um tratamento por 3 messes e conseguia segurar entre 2 e 5 minutos de boa... Achando que estava curado desse problema, acabo por ver que gozei muito mais rápido que o normal, pois nem houve penetração e ainda tive que disfarçar o mal estar da ansiedade menos o suor que não deu... para a menina.
Agora gostaria iniciar um novo tratamento com o remédio, até tenho receita para uma caixa do remédio, mas queria um medico para pegar novas receitas e nem sei se o psicólogo do posto pode me dar esse remédio... Mas queria voltar ao meu tratamento antigo que seria um ano, e apoio da terapia para melhora permanente... Agora que estou solteiro queria ao menos poder ter sexo sem gozar logo e não sentir prazer na relação sexual, pois gozo mas nem sempre tenho o orgasmo... Pois gozo antes de ter o bendito kkk
Obs: Na época eu dormia pouco com o remédio, e tinha alguns sensações pelo corpo de cansaço, mas era bom com meu humor e parava completamente a ansiedade e tirava meus pensamentos tristes... E claro resolvia minha ejaculação regulando ela e me fazendo aprender a controlar...
Então tem os pros e contras... Alguém toma ou tomou esse remédio por mais tempo que 3 meses, para falar algo também?
O que vcs fariam?
submitted by Enscie to desabafos [link] [comments]


2020.09.05 13:58 tOKYOFF Minha namorada terminou comigo

É isso, minha namorada terminou comigo. Após 4 anos e 2 meses ela terminou comigo por mensagem.
Namoramos por 4 anos, sempre tivemos brigas mas sempre nos resolviamos na conversa, sem desavença sem remorso. No final do ano passado como de costume eu vou para Natal ver minha família e como não sou eu que marco o dia de volta das passagens, acabei voltando apenas em fevereiro, ela ficou chateada mas tudo ficou de boa, foi me buscar no aeroporto e tal. Seguimos o ano normal, saimos e tal, até que chegou a pandemia (esqueci de mencionar que ela conseguiu um estágio em São Paulo no começo do ano), ainda nos viamos normal já que a doença ainda estava "controlada". Quando começou a quarentena deixamos de nos ver já que ela continou trabalhando e eu como grupo de risco, não queria pegar 3 ônibus pra ver ela. Meu pai sabia que não ia dar certo a gente se separar por muito tempo já que vivíamos grudados e se ofereceu pra buscar e levar ela todo fim de semana. Foi perfeito, ela não trabalhava de fim de semana, seguimos todos os protocolos de higiene e ficavamos felizes.
Em um fim de semana ela veio pra cá, super feliz, passamos o dia felizes, fizemos churrasco e tal. Uma semana depois ela termina comigo por mensagem... eu sou extremamente apegado e praticamente me humilhei pra que aquilo não acontecesse, marquei de nos encontrarmos para conversar melhor. Long story short, ela não queria mudar de ideia porque diz que demorou pra tomar essa decisão. Ela me diz que sente que não é mais o mesmo relacionamento, que estavamos empurrando com a barriga porque a gente não conversava mais (completamente descartando o fato de que ela não usa o celular direto e passa parte do dia trabalhando), expliquei que a gente não tinha mais tempo pra conversar e disse que mesmo assim eu sempre tempo todo dia conversar com ela, ficou irritadada e disse "nem transamos mais" (no meio de uma pandemia????) e eu disse que podiamos resolver tudo, não precisava de tudo isso, mas não adiantou.
Agora depois de um mês continuo triste, não tenho coragem de tirar nossa foto da mesa. Meus amigos apenas falam com e esqueceram que eu também estou sofrendo. Tenho que ver os posts dela no face praticamente fazendo graça do nosso término (piadas de "você já terminou um namoro mas...", "você casaria comigo sabendo que...") e isso machuca porque ela passa por isso como se 4 anos não fosse nada. Nem eu nem ela contamos para alguns amigos e família e nem sei como iremos fazer isso, vou ter que explicar pra toda minha familia que terminamos e ficar triste a cada pergunta dela.
Sentirei falta da família dela.
Minha ideia não era dizer tudo isso mas acabou que ficou desse tamanho, como a única pessoa que era minha amiga era minha namorada preferi desabafar aqui mesmo, onde infelizmente sei que vou ter mais ajuda do que meus "amigos". Só de vocês lerem será de enorme feito pra mim, gostaria de agradecer este sub, há pessoas de muita compaixão aqui.
Bom, vale mencionar que tive uma época com depressão e possuo ansiedade extremamente forte então continua difícil superar isso mas deixarei que me dêem conselhos.
submitted by tOKYOFF to desabafos [link] [comments]


2020.09.05 00:19 PrinzEugen111 Arranjar alguém é uma burocracia de merda

Cara sério, to cansado dessa bosta, há um ano levei um fora da minha namorada, e to procurando alguém legal pra ter algo sério, até gostaria de entrar em detalhes do termino mas isso é bem dolorido e até hoje me doi muito, enfim, seguindo.
Não é de ontem que eu tento achar alguém legal que me atraia, alguém para ter algo sério mas velho, me perdoem as mulheres, puta que pariu as meninas de hoje pelo visto são que nem a porra de uma bomba, conversando com elas pelo whats ou tinder me sinto como aqueles caras de esquadrão anti-bomba, onde pra desarmar a bosta do explosivo tem que cortar o fio “vermelho” dentre de um zilhão de fios da mesma tonalidade praticamente, e se cortar o errado ela explode e vc se fudeu. Tipo, conversar com essas meninas é tipo o mesmo, você falou algo “errado” , não puxou o assunto de um jeito x e tal a menina ja te deixa de responder ou da uma desculpa qualquer pra não falar mais contigo. Mano sério, eu não entendo esse lado de o cara tem que escrever de um jeito tal, falar tal coisa, porque do contrario sl demonstra “insegurança” ou ta mostrando que ta “correndo atras de mais”. Cara porque tem que ter esses joguinhos? A pessoa não tem interesse? Então por que demonstrou? Por que tem que ficar testando o cara? Mano isso cansa muito a paciência.
Cara se tem alguma mulher lendo isso, de verdade, não é uma critica contra as mulheres nem nada que estou tentando fazer mas sim um desabafo de como é um porre aguentar esses joguinhos, mano porque simplesmente não ir direto ao ponto?
submitted by PrinzEugen111 to desabafos [link] [comments]


2020.08.31 05:12 bebetolittlefella Parei de ver porn

Esse é um post-desabafo sobre o porquê parei de assistir pornografia (tem 2 semanas) e o porquê de não pretender voltar. Isso não tem nada a ver com nofap, ou com alguma crítica a quem assiste ou faz pornografia, é apenas um relato bastante pessoal sobre o impacto da pornografia na minha vida e em como eu, particularmente, decidi mudar.
Há vários motivos pelos quais eu decidi parar com pornografia, mas os principais são esses (sem ordem especifica, os números sao só pq gosto de fazer listas kk):
1) Eu odeio a sensação de nao ter controle sobre minha vida, a sensação de estar viciado e de fazer algo que eu sei, enquanto estou fazendo, que isto está me prejudicando de alguma forma e mesmo assim nao conseguir parar.
2) Eu estava dormindo cada vez mais tarde porque deitava na cama pra dormir tipo meia-noite, decidia ver um porn e dava 3h30 da manhã e eu ainda estava vendo, as vezes ate sem masturbar. E aí no outro dia estava cansado, nao rendia no trabalho, ficava com dor de cabeça por ter dormido pouco (preciso de 8h, tava dormindo 5h as vezes) e isso ia tendo um efeito cumulativo durante a semana.
3) Estava ocupando boa parte do meu dia e permeando momentos que nao eram propícios, como, por exemplo, quando eu ia dar uma cagada e levava o celular pra ver um porn. Ou como quando eu levava o celular quando ia tomar banho, botava um gif de alguma travesti rabuda de algum subreddit, e apoiava o celular num lugar que nao molhava e aí ficava tomando banho e batendo punheta olhando pro celular.
4) Estava sempre precisando de "novidades" pra ter mais tesão com pornô, e acho que até "esgotei" alguns generos bem específicos que eu procurava pois nao conseguia achar mais video que eu nao tivesse visto. E aí a gente começa a buscar coisas mais "pesadas".
5) A indústria pornô é horrível e odeio saber que eu estava contribuindo pra gente muito escrota ficar rica. Alem disso, os sites de pornografia sao extremamente omissos em relação a exploração sexual, e eles têm um controle horrivel sobre o que é postado. Ex: videos de estupros reais são postados no pornhub (tem até um caso famoso que a vitima so conseguiu que tirassem o video do ar qnd fingiu q era uma advogada). Vc pode optar por assistir vídeos só amadores, pois aí sabe que nao há uma industria escrota por traz daquilo, mas muitas vezes nao tem como vc saber se o vídeo que vc está vendo é de sexo consensual, não envolve tráfico sexual, foi filmado com permissão de todos oa envolvidos, foi compartilhado com permissão de todos os envolvidos etc. Nao tem nem como vc saber que aquela guria q tu ta vendo no onlyfans nao está sendo, de alguma forma, coagida a ganhar grana postando o corpo. Provavelmente nao, mas é esse o nível de abuso que pode rolar e vc, com o pau na mao, escolhe ignorar ou nao querer ver.
6) A objetificação das pessoas. Um exemplo particular: nao conheço nenhuma mulher transexual ou travesti pessoalmente e aí, como elas tem pouquissima representatividade na TV e meios de comunicação (alem de na vida real em geral), basicamente meu contato com elas é por filmes pornôs. Isso acaba me fazendo fetichizar trans/travestis. Com mulher cis eu nao percebi uma fetichizaçao tao grande e exagerada quanto com mulher trans, mas também ocorre. Dessa forma, me abster de ver pornografia é também uma tentativa de ver as pessoas em toda sua complexidade e riqueza, e acho que isso pode me tornar uma pessoa melhor.
7) Decidi focar no meu relacionamento (monogâmico) e investir nele. Eu percebi que ficar pesquisando pornografia reforçava no meu cerebro a ideia de que eu precisava de algo FORA do meu relacionamento pra me sentir satisfeito. Alem disso, ficava fazendo comparações, querendo que minha namorada fizesse coisas x e y, e ficava chateado por ela nao ser x e y. Esse mesmo comportamento de busca "externa" acontecia de outras formas que tbm estou cortando, como ficar pesquisando mulher gostosa no instagram, ou ficar buscando as gostosas na rua. A questão é muito simples: se eu estou o tempo todo reforçando no meu cerebro a ideia de que fora do meu relacionamento há mta mulher gostosa q eu gostaria de comer, como que eu vou conseguir focar num relacionamento monogâmico e ter mais vontade de transar com minha namorada? É melhor entao eu canalizar toda essa minha energia para quem realmente importa pra mim.
8) Eu vivia reclamando que nao tinha tempo livre pra fazer as coisas q eu gosto, no entanto tava gastando mais de 6 horas por semana com pornografia, entao eu simplesmente ganhei umas 6 horas por semana pra gastar com coisas mais uteis pra minha vida.
Bem, isso é o que lembrei por agora, as razoes principais de eu ter largado pornografia. Eu já tentei largar pornografia diversas vezes, mas sempre pelos motivos errados. Aliás, nao porque os motivos em si eram errados, mas porque eles faziam mais sentido para os outros, nao pra mim. Agora, mesmo que alguns desses motivos sejam os mesmos que eu usei para tentar parar outras vezes, eles sao diferentes pq agora sao pessoais, fazem sentido para mim, cada um deles tem um impacto perceptível na minha vida e experiência pessoal. Nao to fazendo pq a galera do nofap disse q é bom (ate pq n tenho nada contra masturbação), pq algum cientista falou, ou pq algum site listou todos os problemas de consumir pornografia. Eu to fazendo porque, para minha vida e para meus objetivos, nao há mais espaço algum para pornografia. Talvez seja por isso que, de todas as vezes que eu tentei parar, essa é a primeira em que eu nao sinto que estou perdendo alguma coisa, pelo contrario, sinto que agora posso ser eu mesmo, com minha moral, meus objetivos e com o controle sobre minhas atitudes.
submitted by bebetolittlefella to sexualidade [link] [comments]


2020.08.29 16:35 coisaduo Eu sinto que estou sempre procurando por algo/alguém

Do acordar até a tentativa de sono, do dia até a noite, é algo que sempre está comigo. Agora, deitado na cama tentando dormir depois de uma noite virada, há algo comigo. Um sentimento, uma necessidade, descreva como achar melhor. O que importa é que isso não some.
Sempre quando eu vou dormir, sinto que tem algo faltando, algo que eu ainda não encontrei. Isso me sufoca um pouco.
Eu atribuo tudo isso a uma necessidade de ter alguém, me sinto meio sozinho ultimamente. Meus amigos todos namorando, felizes e colocando foto da namorada ou namorado no Instagram, e eu aqui, sozinho e deprimido.
Só gostaria que essa busca contínua acabasse, e acredito eu que só vá acabar quando eu encontrar seja lá o que procuro.
submitted by coisaduo to desabafos [link] [comments]


2020.08.27 21:34 Ultimecia- Desabafo sobre pensamentos ruins que me atormentam (+18)

Ola pessoal, depois de muito pensar, e me perguntar se deveria fazer esse texto, venho aqui pra desabafar um pouco, pois não tenho um ciclo social muito grande pra o qual eu poderia contar essas coisas, e as poucas pessoas que eu poderia contar, Não seriam diretas e sinceras. Como o texto também é bem constrangedor, acredito que um leve anonimato deve me ajudar a se expressar melhor.
Marquei o texto como +18 porque usarei palavras bem explícitas aqui para melhor entendimento, porém, ciente das diretrizes da comunidade, caso o texto seja ofensivo ou afete alguém menor de idade, gostaria que fosse removido o mais rápido possível, me desculpem se acabar sendo ofensivo ou algo do tipo, espero não ultrapassar nenhum limite aqui. Mas vamos lá.
A 3 anos atrás eu conheci uma garota do meu antigo emprego (tenho 23 anos, isso não fere meu anonimato). Essa garota era perfeita e muito fofinha, tinhamos a mesma idade e nos demos super bem, estávamos solteiros, e depois de 6 meses nos conhecendo começamos a namorar. Namoramos por uns 2 anos, e nesse tempo aproveitamos muito a companhia um do outro, foi tudo perfeito, sem brigas e sem desentendimento, até que começamos a nos conhecer de mais. Sempre fui um cara reservado, antes dela só namorei uma pessoa, por 3 anos, minha única experiência sexual foi com essa pessoa, e após o termino nunca me relacionei como mais ngm, porém, essa garota que conheci no meu trabalho (vou chama-la de Yomawa, nem sei o pq :v) ja havia tido muitos outros caras no passado. Conversando com ela, descobri que fui o primeiro namorado dela, porém, ela ja havia ficado e tido aventuras adultas com mais de 15 caras no total, alguns em festas, faculdade, e todo o resto, com alguns mais de 5 vezes, ja havia feito menage e outros desejos sexuais que realizou por curiosidade. Confesso que me surpreendi, uma garota tão fofinha e delicada ja ter passado por isso me abalou um pouco, e depois que eu fiquei sabendo dessas coisas, nosso namoro desandou. Comecei a criar uma espécie de paranóia na cabeça, de nunca ter dado um prazer tão bom pra ela em nossas relações na cama. Eu tinha alguns fetiches e curiosidades, e ela, ja havia realizado todos com os caras anteriores. Com o tempo essa paranóia de me sentir insuficiente foi tomando conta de mim, até que cometi o erro (ou não) de perguntar se eu ja havia sido o melhor com ela na cama. Ela disse que não, disse que avalia certos pontos nas relações, como preliminar, oral, beijo, penetração, vibe e etcs. E que desses pontos, eu tinha sido o melhor em preliminar e sexo oral, maaaaas, um dos piores em penetração, disse que ja tinha se relacionado com outros caras que proporcionaram um prazer enorme pra ela, e que achava difícil eu superar. Uma coisa que amo nela, é a sua sinceridade, eu odiaria sentir que estou sendo enganado, e a verdade apesar de doer, é o que eu prefiro. Desde então eu tenho me empenhado e dado o melhor de mim, para "ser o melhor" de cama. Eu nunca tive esse orgulho macho (como prefiro chamar) de querer ser o mais fodao em tudo e bla bla bla, mas isso tem me atormentado, e tem me impedido de ser feliz.
No começo ela acreditava que eu poderia ser o melhor na penetração e bla bla bla, mas agora ela pede pra eu não criar esperanças ahebhahehe que do jeito que estou (estou dando o maximo que consigo e fazendo treinos constrangedores de desempenho sexual no meu quarto) posso levar quase 1 ano pra conseguir ser o melhor do melhor. E isso tem me atormentado tanto que estou ficanso triste de vdd, me sinto insuficiente, quando estamos juntos e vejo ela gritar e gemer de prazer na cama, penso logo : - Se ela se contorce desse jeito comigo, imagina com o cara que já comeu ela melhor. Aaaaaaaaahh é horrível, me desculpem pela forma de falar "comeu" mas não consegui pensar em algo menos machista. Imagina você namorar uma garota que diz "meu namorado não foi o cara que me comei mais gostoso, desculpa, estou sendo sincera".
Ela diz que não liga pra isso, que o que sente comigo nunca sentiu com ngm, que nosso amor é pfto, que eu trato ela como uma Deusa e isso motivz muito ela todos os dias, ela chora só de pensar em me perder, e de vdd combinamos em tudo. Gostos, musicas, animes, séries, jogos, ela é perfeita, e eu sou o cara que nem consigo dar um prazer suficiente na cama, me sinto ridículo por isso, mas penso que quando começamos a tranzar, ela tem uma expectativa de ser bom e maravilhoso, e acaba não sendo, ela acaba esperando que seja bom como os outros caras, e acaba não sendo. Ja imaginou ela ter aquele prazer como referência sempre que pensar em sexo ? E não no meu ? Eu não consigo ser eu mesmo desde que isso aconteceu, e me sinto tão mal que penso em terminar. Estou mt agressivo com as palavras e muito decepcionado comigo, esse relacionamento está me deixando mal e me fazendo sentir a cada dia insuficiente, e ela não tem culpa, nunca seria capaz de culpa-la por falar a verdade, é a qualidade que mais amo, mas estou perdido. O relacionamento é mt mais que sexo galera, mas sinto que a cada segundo que passa, os caras anteriores estão ganhando de mim, sei la, é como se eu estivesse perdendo (???) Estou paranóico, queria desabafar, penso em ir em um psicólogo ou sexólogo, mas não sei mais o que fazer, de vdd.
Me desculpem se ficou mt grande este desabafo, ou se acaba ferindo alguma diretriz ou algum menor de idade, pfvr excluam se for o caso :(((
Ass : O cara que não foi o melhor da sua namorada
submitted by Ultimecia- to desabafos [link] [comments]


2020.08.26 00:55 flickknife Por que as pessoas procuram outras pessoas com os mesmos gostos?

Esses dias eu tive uma conversa com uns amigos e fiquei muito curioso sobre um tópico que vem me trazendo desconforto faz um tempo.
Estávamos tendo uma conversa entre amigos normal, e um deles perguntou que tipo de namorada nós gostaríamos de ter no futuro, eu fui o último a responder e quando comecei a escutar a repostas deles fiquei muito confuso por ser o único que tinha uma ideia diferente da deles, todos eles disseram os seus gostos, implantando em uma pessoa de bom agrado visual, e foi nesse momento que comecei a refletir sobre.
Sempre que penso sobre isso, o que eu sempre quis é uma garota com gostos distintos dos meus, penso que eu teria varias coisas pra ouvir e pra falar, e não ouviria coisas que já sabia. Nunca namorei, nunca fiquei com alguém, mas acho que seria muito entediante namorar um "espelho meu", entende?
Eu sempre fui um cara tímido, sempre gostei de refletir sobre as coisas e curto muito filosofia, comecei a pensar sobre isso quando eu descobri os significados das palavras "introvertido" e "extrovertido", então eu pensei "sou introvertido e prefiro assim, mas ser extrovertido deve ser muito foda". Agora eu sempre gostei de pessoas que têm diferentes gostos, sempre que converso com alguém tento focar a conversa nos gostos da outra pessoa, e não tenho pressa de falar sobre mim, pois sempre fico interessado ouvindo coisas que nunca ouvi.
Não é um desabafo, é mais um tópico para uma discussão, gostaria de ver o que vocês acham disso, e se tiver alguém que prefira ficar junto a alguém com os mesmos gostos gostaria de ouvir o seu lado!!
Muito obrigado pela atenção!!
submitted by flickknife to desabafos [link] [comments]


2020.08.25 01:45 depayser1 Não me sinto mais valorizado no meu relacionamento

Utilizando uma conta nova pois minha namorada acessa esse subreddit e sabe meu username.
Namoramos a quase 2 anos. Nossa relação foi sempre um pouco complicada pra mim por eu ser meio noiado/controlador quando o assunto é relacionamento. Apesar disso, sempre gostei muito dela, gosto de fazer as coisas por ela, e tivemos muitos dias felizes. Inclusive, comecei a fazer terapia justamente por querer melhorar meu comportamento e não acabar com o namoro por ser pseudo surtado.
Até que chegou a pandemia.
Ela não é da minha cidade e decidiu passar a quarentena junto da família dela, então ficamos sem se ver por meses. O relacionamento à distância está horrível, não ter contato e só poder contar com a tela de um celular pra se relacionar é péssimo, mas eu meio que sei que quase todo mundo está passando por isso. O desabafo é em relação a um sentimento que começou recentemente.
Eu sempre gostei muito de agradar os outros, e com ela não é diferente. Semana passada ela pediu se eu podia buscar uma encomenda pra ela na casa de uma amiga porque vamos nos ver em breve. Falei que ia fazer, mas não disse quando. Hoje busquei, organizei uma cena bonitinha com as plantas dela que eu to cuidando e enviei uma foto pra ela.
Ela me respondeu com uma figurinha.
Eu fiquei profundamente chateado, pois foi um esforço da minha parte sair no meio da quarentena, ir até a casa da amiga dela (não é tão perto da minha e ela sabe) só pra buscar uma camiseta que não vai fazer falta pra ela. Tive que dizer que me senti desvalorizado pra receber um "ah, obrigada".
Lendo agora, parece muito drama da minha parte, mas são pequenas situações que, em doses frequentes, me fazem me sentir que não estou recebendo o valor que eu gostaria no namoro.
Próxima semana é aniversário dela e eu investi num presente meio que caro, mas que ela já disse que super queria. Fico muito receoso de ter me esforçado novamente pra receber um ok obrigado.
submitted by depayser1 to desabafos [link] [comments]


2020.08.23 02:02 Glittering-Poet2020 Ajuda - que fazer com poupanças a partir daqui

Boa noite, tenho seguido o sub há uns tempos e há claramente gente bastante mais informada e organizada que eu por isso estou à procura de sugestões sobre o que fazer neste ponto da minha vida.
Neste momento tenho 32 anos e ganho à volta de 60k anos brutos no meu negócio, pelo que é dificil dizer um valor liquido exacto porque depende muito das despesas que apresente etc.
Os gastos fixos com o negócio rondam os 800/850 euros e vivo numa casa arrendada com a minha namorada em que pago 250€, depois em gastos mensais depende muito do que fazemos mas consigo poupar todos os meses uma média de 2500 a 3000, antes de impostos.
Tenho um T1 já pago que me custou cerca de 89khá 4 anos(novo) e que de momento me rende 400 euros mês, sendo que dentro de 1 mês ou 2 vou tentar subir a renda quando tiver novos inquilinos para 450 ou 500 se tiver sorte.
Tenho carro pago mas espero comprar um novo no espaço de 1/2 anos porque tenciono ter filhos e o meu carro não é propriamente o ideal mas pelo menos para já é relativamente económico.
De momento tenho cerca de 30ks em certificados de aforro poupança mais criados há uns 3 ou 4 anos também e cerca de 50k na conta à ordem.
É precisamente este dinheiro não aplicado que gostaria de saber onde o investir.
Do que tenho lido, parece-me que n seria má ideia criar um PPR e talvez investir em fundos diversificados EFT(ainda não investiguei muito acerca deste tipo de mercado mas tenciono fazê-lo quando acabar a silly season. Que corretora usar? Como diversificar?
Maior entrave a qualquer investimento neste moemnto prende-se com o facto de andarmos a ver de casa mas pelo que vemos no mercado nesta zona, está impossível comprar ou arrendar alguma coisa de jeito pelo que não faço ideia de quando posso precisar de liquides para investir numa compra desta natureza pelo que não seria mau ter hipótese de, caso fosse necessário, poder recorrer a parte do dinheiro investido.
submitted by Glittering-Poet2020 to literaciafinanceira [link] [comments]


2020.08.22 02:53 RainLyrics Conflito interno , tenho 19 anos e estou perdido na vida

Atualmente tenho 19 anos e concluí o ensino secundario em ciências e tecnologia no entanto nunca parei para pensar no meu futuro e acabei o 12ºano com média de 11.
La cheguei ao 12º ano, o tempo voou, pelo caminho fiz amigos para a vida e conheci uma rapariga incrível em todos os sentidos com que comecei a namorar, nunca me tinha sentido tão bem, até começar a pensar no futuro, estar com os amigos ou a namorada e a certa altura eles falaram dos seus planos para o futuro e questionarem-me a cerca dos meus e eu não saber bem o que responder deixava-me agoniado , mas o golpe maior foi num dia em que fiquei de dormir em casa da minha namorada , nessa noite ao jantar com os pais dela quem me fez essa pergunta foram eles...tanto eu como a minha namorada ficamos sem reação, ela sabia perfeitamente que eu arranjava sempre desculpas, mas que com os pais dela nunca iria resultar, enfim que situação, acabou ela a responder por mim....na maneira mais sofisticada possível que eu "não sabia", que ambiente, só queria fugir dali, passei a noite toda acordado a pensar naquela situação, não sabia sequer o que queria da vida e ali ao meu lado estava uma rapariga com a vida toda pensada, nos dias seguintes a situação não melhorou, sentia que a vida de toda gente estava a seguir o rumo certo e depois sobrava eu, ali encalhado sem saber para onde me virar, não consegui suportar a situação e num dia algures em março acabei com ela...que sentimento...senti-me completamente podre...nem lhe conseguia olhar na cara enquanto ela chorava, la me fui embora enquanto ela olhava para mim a chorar e perguntava o porque, que situação, menti a minha mãe e la disse que ia dormir a casa de um amigo,na verdade, com os trocos que tinha apanhei o bus para a praia, era fim da tarde/noite e la me fui deitar na areia enquanto chovia, claramente não consegui dormir ali, doía-me o peito e estava frio ainda assim la andei ali até ao horário do ultimo autocarro só para me aperceber que não tinha dinheiro para voltar, enfim comecei a andar por ali, a certa altura tive a vontade 2 horas e tal sem encontrar ninguém a caminhar nos passadiços de madeira, até me lembrar de ir para casa, demorei quase 4 horas a pé, nos dias seguintes também fui cortando o contacto com os amigos mais próximos, não queria que percebessem o quão triste a minha vida era.
Já la vai uns quantos meses, ela e alguns amigos ainda tentam fazer contacto comigo, ainda penso nela e nas pessoas que deixei para trás, passo os dias sem fazer nada, na expectativa de talvez vir a tomar uma decisão, parece que nunca tive tanto tempo como agora, no entanto sinto um desconforto autentico, como se ainda fosse a tempo de ter um futuro.
Sinto-me perdido de varias maneiras e não estou a conseguir lidar com a vida , gostaria de receber alguns conselhos.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATUALIZAÇÃO
Ainda não consigo acreditar, dificilmente consigo-vos expressar o quanto me custou mentalmente pedir ajuda, ontem a noite após ter escrito tudo o que tinha a expressar e após o dilema entre publicar e não publicar la tentei publicar, na qual a publicação foi removida automaticamente, comecei a rir que nem um perdido, enfim la tentei outra vez e la foi removida automaticamente outra vez...desisti e la me fui deitar, hoje ao ir ao telemóvel reparo nas notificações...nem acreditava, tinha ido dormir a acreditar que não tinha publicado nada, nem sequer pensava em voltar a tentar. Fui lendo os comentários ao longo do dia e assim que possível tentar atualizar a minha publicação, entre concelhos, experiências de vida, pessoas a oferecerem-se para me ajudar e a pedir mais informações sobre a minha situação decidi que devia falar um pouco mais do que me levou a esta situação.
Vivo apenas com a minha mãe, o meu pai morreu quando eu tinha 3 anos e a minha mãe 26, desde que me lembro ou pelo menos desde o meu pai ter morrido que temos problemas financeiros, diria facilmente que a única família que tenho é a minha mãe e uma prima dela que vemos ocasionalmente, ainda assim dificilmente sentia alguma diferença entre eu e as outras crianças até chegar aos meus 13 anos, de alguma maneira começava-me a afetar o aperceber-me que era pobre, a minha mãe fartava-se de trabalhar e ainda assim vivíamos desde que me lembro nesta casa velha, pequena e cheia de humidade, não me faltava nada mas vivíamos com o mais básico que existe, por essa altura la me deixei afetar por isso e cai numa fase rebelde, fiz a minha mãe chorar bastante e la chumbei o ano embora as minhas notas de anos anteriores fossem 4/5s , passando esta fase, novo ano, as minhas notas voltam a ser 4/5s ate completar o 9ºano ,entro no ensino secundário e a mentalidade muda, já falam em fazer medias para mais tarde se ir para universidade, no entanto nos não temos condições financeiras para eu ir para a faculdade, nunca sequer for uma possibilidade discutida, porque razão devo me chatear a estudar?Lá prossigo o secundário, altura em que se começa a ir sair mais e a gastar algum com os amigos, no entanto não posso pedir dinheiro a minha mãe para isso...não sou capaz, entre o meu 11º e 12º ajudava as vezes num cafezito e fazia de ajudante de trolha de um senhor que conhecia para ganhar algum, nunca contei isso aos meus amigos ou namorada...preferia inventar sempre algo, estou no inicio da minha relação e acontece que acabo por ir a casa dela...claramente já sabia que os pais dela tinham posses, era fácil para mim perceber isso no entanto o que pensava ser a realidade estava noutro nível, só a sala da casa dela era maior que a minha casa, os pais dela eram pessoas de estudos, bem educadas que viviam numa outra realidade, isso mexeu muito comigo, a partir dai comecei a esconder ainda mais a minha vida dos outros, em momento algum convidei a minha namorada ou amigos para irem a minha casa, e la ia vivendo ate chegar ao mês de março, por essa altura a minha relação com ela tinha crescido de tal maneira que eu tinha a certeza que ela estava completamente apaixonada por mim e eu por ela, não conseguia pensar noutra coisa, estávamos sempre juntos, ela já falava no nosso futuro e eu acompanhava, estávamos em sintonia, no entanto sempre que tínhamos essas conversas eu ficava apreensivo, de que maneira conseguiria suprimir as expectativas dela? Ela sempre soube o que queria para ela, no entanto eu deixei andar, nunca me preocupei com o meu futuro, eventualmente como já disse...acabei com ela , provavelmente por sentir que não a conseguiria acompanhar.

submitted by RainLyrics to portugal [link] [comments]


2020.08.19 22:21 fumakun Minha namorada pode estar grávida

Tenho 16 e minha namorada 15, e há um pouco mais de um mês nós decidimos q iriamos perder nossa virgindade juntos e assim fizemos. Desde então transamos outra vez e a menstruação dela veio normal e teve a ultima vez q foi dois finais de semana atrás e é ai q vem o problema.
No app q ela usa e a menstruação dela é bem regulada era pra ter vindo ontem (ela me explicou q é normal atrasar até 3 dias ou seja ainda n é algo super preocupante) e n veio, o foda é q ela é mto ansiosa e bem "surtada" (esse seria o termo q a maioria usaria), mas pouco tempo atrás e ela cnvs com a mãe dela sobre ela ser mto ansiosa, mto estressada e coisas do tipo, a mãe dela cnvs com uma tia dela q é psicóloga e a msm falou q isso podia ser um quadro de ansiedade e q era recomendado q a levasse em um psicológo, estamos em tempos difíceis né ent ainda n aconteceu só q desde esse dia, minha namorada anda fantasiando isso na cabeça dela q ela pode ter ansiedade e realmente ela "surta" de vez em qnd e é isso q ta acontecendo.
Nós usamos preservativo e ela a mais de um mês começou a tomar anticoncecional por recomendação da ginecologista dela, de acordo com a medica, ele ainda n está na maior potência "dele" mas ja fez alterações no corpo dela, anyway, nós estamos bem protegidos. Qualquer um q ela contasse isso provavelmente diria q ela ta overreacting até pq atrasou só dois dias contando com hj e n é nd demais, nos cnvs tb e é bem capaz de n ser nd, mas até descer e se descer nós n vmos conseguir viver, ela principalmente.
Esqueci de mencionar mas sobre o teste de farmacia ela pesquisou e só pd ser feito uma semana dps e msm assim estaria mto cedo ent oq nos resta msm é esperar.
Enfim, estou bem preocupado e com a situação e imagino q esse texto n tenha mta abertura sobre oq falar (bom, eu n saberia oq dizer em relação a isso) mas msm assim gostaria de contar pra alguem e ver se tiraria um pouco o peso da cabeça e espero dê td certo.
submitted by fumakun to desabafos [link] [comments]


2020.08.17 04:18 Gacrux29 Tenho 28 anos e fico achando que a minha vida "acabou"

Estou em isolamento desde março e, antes mesmo da pandemia, eu vinha me recuperando bem aos poucos de problemas bem sérios com ansiedade e pânico. Estava indo até que bem, retirando meus remédios, mas aí explodiu tudo e o resto vocês já sabem.
Perdi meu pai para a covid em junho. Até agora não caiu a ficha. Sinto raiva, tristeza, irritação, tudo ao mesmo tempo, todo dia desde que isso aconteceu,
Abandonei minha religião pois me senti abandonado por ela também. Eu sempre fui uma pessoa de bastante "fé", gostava de estudar sobre o assunto, mas desde o ocorrido, não consigo mais, e sinto um vazio pois imagino o meu futuro extremamente incerto sem a religião.
Sinto que estou beirando o niilismo já. Pra que vou fazer qualquer coisa na vida se um dia vou morrer? Eu não gostaria de ter esse pensamento, mas eu tenho. Também fico pensando que daqui alguns anos podem começar a surgir problemas de saúde mais sérios. Boa parte da minha ansiedade e do meu pânico eram por eu ser quase um hipocondríaco. Com a pandemia, em que só temos notícias de morte, tudo isso voltou com força, é um pânico que me paralisa.
Eu ando conversando muito com a minha namorada sobre noivar e ter filhos. Estamos na mesma página quanto a isso, mas ao mesmo tempo acho isso assustador demais. Estou com um pensamento bem estranho de que, ao ter um filho, estarei "passando o bastão" pra ele e que, a partir daquele ponto, eu só estaria esperando a minha idade avançar pra morrer.
Sim, eu sei que é errado pensar nisso, mas é algo que não sai da minha cabeça. É como se daqui pra frente eu não me vejo mais sendo feliz (não por causa de formar família, isso eu quero muito). Mas é mais no sentido de que ter um filho seria um marco pra mim, e significaria não ser mais jovem. Não sei se isso faz muito sentido, mas é o que sinto. Estou condensando décadas da minha vida em "esperar pra morrer" ou esperando pelo pior, como o surgimento de alguma doença grave, algo do tipo.
Eu realmente espero que isso seja, em grande parte, obra da quarentena, acabando com a minha mente, pois eu saberia que seria um pensamento mais circunstancial. Mas enfim. Como posso corrigir esse pensamento?
submitted by Gacrux29 to desabafos [link] [comments]


2020.08.12 23:57 FoffieBunny Minha primeira vez foi em um menage e isso me atormenta

Ola amiguinhos, venho trazer um desabafo de algo que aconteceu na minha vida que muitas vezes me atormenta.

Sou mulher, tinha 16 anos e naquela época já me considerava bissexual, porem nunca tinha feito nada alem de trocar uns beijinhos.
Conheci uma garota, 2 anos mais velha do que eu, que fazia cursinho na mesma escola onde cursava meu ensino médio, ela era bem extrovertida e tinha um estilo alternativo que me chamou a atenção logo de cara. Eu sou bem tímida, mas acabamos ficando amigas e ela sempre ficava dando umas indiretinhas, ate que a gente ficou um dia e ela insistiu de assumirmos um namoro, eu me senti rendida e não soube dizer não, por mais que tivesse sido legal o momento e gostava bastante dela, não era esse tipo de relacionamento que gostaria, mas acabei aceitando com medo de perder a amizade. Ficamos nesse "namorinho" escondido por uns dois meses e a cada dia eu ficava mais desinteressada. Inclusive era evidente pra ela que eu já não tava mais curtindo

Minha ex namorada tinha um amigo que também era do cursinho, ele era praticamente o oposto dela, um pouco introvertido e não era louco da cabeça. Eu gostava muito da companhia dele e o principal motivo da gente sair, na maioria das vezes, é porque sabia que ele estaria também. Não preciso dizer que eu acabei gostando dele e fiquei deixando minha amiga/namorada de lado, o que acabou deixando ela furiosa e terminando nossa relação.

No outro dia já estava marcando com o garoto de sair só nos dois, o que pra minha surpresa, ele aceitou. Saímos e ficamos, por quase duas semanas, eu estava louca pra namorar, estava tão apaixonada que so compartilhava casalzinho no meu tumblr.

Minha ex descobriu que estávamos saindo e foi tirar satisfação comigo, na hora pensei que iria falar poucas e boas, já que os dois eram tipo melhores amigos, mas ela disse que sabia desde o começo que eu gostava dele e que isso não era problema, que poderíamos continuar ficando e ter o nosso namoro. Como já havia dito, eu não tinha muito coragem pra tomar decisão e ela era uma amizade que realmente importava muito pra mim, então acabei aceitando novamente.

Um belo dia, quando nos 3 resolvemos matar as aulas da tarde, fomos pra casa da minha ex porque os pais dela não estavam lá esse horário. Ficamos conversando e vendo filme, ate que os dois pegam uns trocadinhos e vão no supermercado comprar uma garrafa de catuaba, eu apoiei a ideia, já tinha tomado vinho e gostei. Começamos a beber e ficar mais soltinhos, eu e minha ex começamos a nos pegar de um jeito mais envolvente e mesmo sabendo que o garoto estava ali eu estava super a vontade. Não demorou muito pra ele vim me beijar também e como nesse momento eu e minha ex ja estávamos quase peladas, fiquei sem um pouco sem reação porque era minha primeira vez. Mas pra minha surpresa, no meio dessa pegação, minha ex começou a beijar ele e fazer as preliminares. Ela era mais experiente, então nesse momento fiquei de lado vendo os dois, pensei que iria sentir ciumes mas eu realmente gostava dos dois e toda essa situação tinha me deixado com muito tesão, talvez fosse a catuaba kkk

Eles viram que eu tinha ficava meio parada e perguntaram se tava tudo bem, disse que ainda era virgem e eles ficaram me dando toda atenção. Enfim, acabou acontecendo e pra minha primeira vez achei uma boa experiencia comparada com outras historias que já ouvi de algumas amigas. Mas sempre que eu conto a circunstancia que perdi minha virgindade todos ficam horrorizados, ja inclusive tive um termino de relacionamento quando meu ex descobriu isso. Ainda exigiu que so não iriamos terminar se fizesse um menage com ele tambem.

Foi minha unica experiencia com menage e foi algo natural, mas todos que escutam (não so por mim) tem uma visão de como se eu fosse uma vagabunda.
submitted by FoffieBunny to sexualidade [link] [comments]


2020.08.10 20:00 Legate_Malpais Acho que o garoto, em mim, morreu

Fala gurizada, não costumo escrever textão ou desabafar na internet mas acho que a quarentena finalmente me pegou. Basicamente, estou terminando minha graduação em economia (algo que amo) e estou absolutamente perdido. Sempre estive acostumado com uma carga de estudo bem alta e focado em terminar o curso, mas agora que está acabando me vejo sem nenhum objetivo, nenhum sonho, nada. Quando era moleque tinha vários sonhos "impossíveis" de viajar, sair do país e o caralho, mas agora que "quase" tenho a liberdade pra ir atrás, me sinto apático.
Gostaria de fazer um mestrado, pra continuar meus estudos e tal, mas ficar nesse país sem futuro e viver nessa mesma zona de conforto que as vezes criamos (mesmos amigos, familia , emprego) me deixa triste. Parece que a "aventura" do mundo acabou, tipo quando vamos morar sozinhos em outra cidade e etc, a agora só resta repetição.
Investi bastante em aprender novas línguas (inglês, russo e espanhol), tinha o sonho de estudar na Rússia (Estou bem ciente dos problemas), mas agora parece em vão. Essa merda de vírus não ajuda também. Tendo pais e avós no grupo de risco, sei que é só questão de quando.
Na minha cidade, a uma semana atrás, tinhamos praticamente 100% de ocupação na uti e agora temos 50%, simplesmente porque todas essas pessoas morreram. Queria sair daqui, pode ser escapismo eu sei, e conquistar algo meu, algo único, algo realmente e absolutamente só meu. Mas largar namorada, amigos e familia (aqueles que sobreviverem) não é tão fácil.
Por fim, sinto que meus sonhos se diluíram no tempo e agora só existo. É estranho pra alguém determinado que sempre lutou e foi atrás, ainda mais quando diziam que não conseguiria, não ter objetivo ou propósito. Sinto falta de mim, daquele garoto apaixonado. Lembro de um professor que batalhou a vida inteira atrás de um sonho, mas casou e teve filhos, se divorciou e agora vive sozinho relembrando uma paixão que nunca pode experimentar.
Pela primeira vez em muito tempo não sei mais quem sou. Tenho medo de ser como esse professor. Tenho medo de perder o "trem" da juventude por tentar agradar outras pessoas e fazer oque é "melhor". Hoje, como nunca antes, a incerteza me consome.
submitted by Legate_Malpais to brasil [link] [comments]


2020.08.06 09:29 thais021 Sou babaca por não querer engravidar do meu ex?

Olá Luba e turma! A história é longa, mas estou passando por um problemão e preciso desabafar.. Quando tinha 17 anos conheci meu ex de 20. Ele não gostava de rede social, não tinha nenhuma, era um príncipe na terra. Eu frequentava a casa que ele morava com a família, todos me amavam. Até que depois de 3 anos eu conheci a outra namorada dele.. que tbm frequentava a casa dele, e a família tbm adorava ela. Enfim..ate hoje não sei quem era a amante e quem era a namorada, pois ele viajava cmg e tbm com ela, dividia bem o tempo entre as duas. Eu era nova e emocionalmente dependente dele. "Perdoei" essa traição, pois a outra menina desistiu do relacionamento e ele chorou dias no meu portão, eu coração fraco, deixei passar. Até que 2 anos depois eu tive um sonho que ele me traía com uma menina da minha rua.. dei um jeito, invadi o email de trabalho dele, descobri que ele tinha um facebook falso e que nele, ele conversava com 14 meninas. QUATORZE! e já tinha ficado com todas elas. E ele ficava com a irmã da menina do meu sonho. Eu joguei tudo na cara dele, estávamos fazendo planos de casar, já tínhamos o apartamento que estava reformando e íamos casar quando eu terminasse minha faculdade. Ele se jogava no chao de chorar e disse que deveria ter algum problema espiritual ou psicológico, eu não duvido, mas não queria mais lidar com toda aquela carga. Virei as costas e nunca mais voltei. Eu nunca mais namorei, resolvi focar nos meus estudos, estou fazendo mestrado em engenharia química, tenho minha casa e minha vida. Ele casou depois de 6 meses com uma menina de outra cidade que nao conheçia a fama dele. Não durou 2 anos, o casamento., ele terminou a facul de história e ainda mora com a mãe. Ano passado ele me procurou, pediu pra conversar, disse que tinha coisas pra me dizer, resolvi encontrá-lo. Ele me pediu perdão pelo merda que ele foi, disse que nunca me esqueceu e que eu era a mulher da vida dele. Eu disse que infelizmente esse sentimento não é mais recíproco, mas que eu o perdoava. Ele me contou também que estava com câncer. E me pediu apoio nessa fase tão difícil da vida dele. Eu, boa alma que sou, resolvi apoia-lo, passei a levar ele nas consultas, (a mãe dele não pode mais dirigir), então levo os dois. Presto um apoio sempre que da. Ele sempre tenta pegar na minha mão, ser romântico, diz que me ama.. E a mãe dele acha lindo nós dois juntos. Acontece que ele começou uma quimioterapia e o médico perguntou se ele gostaria de congelar seu esperma, pois existe a possibilidade dele perder a fertilidade com o tratamento. Ele aceitou congelar e a partir desse dia começou o meu inferno. Ele implora para que eu seja a mãe do filho dele, pois se ele morrer não vai deixar nenhuma descendência no mundo, manipulou a minha mãe, minha família e a dele, fazendo com que todos pesem na minha mente para engravidar. Minha mãe me disse que eu já tenho 27 anos e que já passou da hora de ter um filho. Ele me liga, chora, implora quase sempre. E eu já não sei mais o que fazer. Quero ser mãe, quero ter filhos, tenho dinheiro, estrutura, maturidade. Mas toda essa história está me deixando maluca. Tenho apenas 2 amigas que entendem o meu lado, mas as vezes acho que o mundo está contra mim. Como depois de 5 anos o cara volta, joga um câncer e um filho no meu colo e eu tenho que aceitar tudo? Enfim, sou babaca por não querer engravidar do meu ex?
submitted by thais021 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.05 16:01 LiviLuthorDanvers Ex namorada abusiva ainda se acha o amor da minha vida

Ok, pensei muito antes de mandar isso aqui, mas uma história dessa não deve ser desperdiçada. Então, por favor façam essa história chegar no Luba, pelo amor de Rao
Bora lá. Olá, Luba, editores, gatas, falecidos papelões, possível convidado and turma que está a lever.
Contexto da história: minha ex terminou comigo de uma forma muito escrota, descobri que ela ja estava noiva de outra garota, ela me disse que eu era doente por amar tanto ela e que eu precisava me tratar. Tinha bloqueado ela meses atrás, mas vieram me falar que ela precisava falar algo muito importante comigo, então eu desbloqueei ela. Agora bora pra história, irei transcrever a conversa aqui.
Ela- **** Preciso conversar com você. Ai mas como está?
Eu- Bem e vc? Sobre o que quer falar?
Ela- Muito mal. Mas acho que isso não ti interessa
Eu- Vdd, não me interessa. Então... O que quer falar?
(Duas horas depois)
Não tenho tempo pra mistério. Não quero ser grossa, mas vc sabe o que fez, o que falou, então não vamos fingir que somos amigas, certo?
Ela- Não ti preocurei pra brigar. Comigo ficaram guardadas momentos lindos do nosso romance. Serio, não imaginei que depois de tanto tempo você voltaria me tratar com cinco pedras na mão. Bom dia!
Eu- Olha... eu não vou nem comentar. O que vc queria falar?
(Três horas depois)
Olha, eu vou dormir. Quando eu acordar espero que vc tenha dito o que vc quer tanto falar comigo. Como ja disse antes, não tenho tempo pra mistério.
Ela- Olha meu amor. Não fale desse jeito comigo okay? Do jeito como me trata, me deixa sem forças pra falar o porquê ti procurei. É uma pena ter gastado o seu tempo a toa Tenha um bom dia. E esqueçe o que ia falar. O seu clima comigo não ajuda.
Eu- Só fala o que vc quer tanto falar.
Ela- A gente se fala quando estiver disposta em conversar comigo.
Eu- Só fala logo. Para de rodeio. Quanto mais mistério vc faz, mais irritada e sem paciência eu fico.
Ela- Você ainda está magoada comigo?
Eu- Sim.
Ela- Gostaria que me perdoasse. De todo o coração. Com toda a sinceridade 😔
Eu- Era sobre isso que vc queria falar comigo?
Ela- É o começo pra poder dizer o que tenho a falar. Mas é importante a sua resposta.
Eu- Certo... Vc tem o meu perdão, pq não quero ficar remoendo isso pelo resto da minha vida.
Ela- Obrigada se é que o seu perdão é sincero. Não quero mais perder a ligação com você. Desde que você me deixou, não sou mais feliz. Sonho com você todas as noites como antes. Pra mim é importante ti falar disso.
Eu- Ta bom. Mas onde vc quer chegar? Humm. E o que vc quer que eu faça em relação a isso? Ja te dei o meu perdão.
Ela- É tudo que queria falar pra você. Que você ainda vive em mim. Eu estou doente de saudades de você. Mas entendo se nao quiser saber mais nada de mim. (Ela mandou um áudio dizendo que talvez esse ano poderia vir para o Brasil e que quer me conhecer)
Eu- Olha, não quero ser grossa, mas não quero me encontrar com vc, não quero te ver. Estou muito bem com a minha namorada e não quero que isso seja abalado por um fantasma do meu passado.
Ela- Tudo bem. Fantasma. Hum ok. Posso ligar pra você? Me liga quando puder.
Eu- Estou ocupada agora.
Ela- Tá. Ainda vai me ligar?
Eu- Minha namorada está aqui em casa. Estou ocupada.
Ela- Está bem! Tranquila, eu super entendo. Sem problema.
Dois dias depois
Ela- Mulher, preciso ti ouvir. Você se esqueceu que sou amor da sua vida? Nem essa garota, nem o tempo vai mudar os meus sentimentos por ti.
Eu- Não é mais. Vc perdeu esse posto quando me tratou daquela forma, vc perdeu toda e qualquer chance de voltar a ter algo comigo quando me tratou assim. Deixei isso bem claro
Ela- Eu não perdi nada amor. Apenas eu era imatura e precisava me organizar e entender o que realmente queria. Eu quero ti amar como nunca. Não me negue.
Eu- Não Me Chama De Amor Vc perdeu por ser imatura, por se comportar como uma mimada que achava que poderia usar as pessoas e descartar quando não serviam mais.
Ela- Chamo e repito. Amor da minha vida. Por favor ****, Eu nunca descartei você. Você me deixou e sumiu do meu coração que tanto se completava por você. O meu coração e eu, sentimos a sua falta.
Eu- É, vc não me descartou. Só me chamou de doente e disse que eu precisava me tratar. Ahhh disse também que ficou comigo por pena. E como cereja do bolo a sua noiva ainda me chamou de câncer. Vc quer mais?
Ela- Sim, quero você. Eu não estou mais pra perder tempo sendo que a minha felicidade é ao teu lado. Me deixe conhecer o mundo de mãos dadas com você por favor😔
Eu- Isso vc nunca mais vai ter. Olha, não quero entrar nessa discussão de novo. É melhor cada uma seguir o seu caminho, eu não sinto mais o mesmo por vc. Sinto muito por isso, mas é a vdd. Eu não amo mais vc, Cals. Encontre alguém que ame vc, que queira ficar com vc e nunca magoe essa pessoa, nunca faça ela sentir o que eu senti quando vc falou tudo aquilo.
Ela- O problema é que você nunca me amou, e nunca sentiu nada por mim. Foi daí que tudo acabou. E se estou aqui, não é porque não deu certo com a **** É por amor puro mesmo.
Eu- Por favor, não me mande mais mensagens. Não quero ter que bloquear vc, se caso vc venha mesmo para o Brasil, não me procure. (Mande um áudio pra ela dizendo que não amo mais ela, que estou feliz com a minha namorada e que não quero mais ela na minha vida)
/Nota: coloca uma música triste/
Ela- Não me fale de amor se bem que não tas mais disposta em me dar. O amor que carrego no peito, não é algo simples entendeu? Você sabe e sempre soube que és a minha pessoa preferida. Ai como queria poder dizer o quanto eu te amo sem usar apenas palavras. Só que algum dia eu dê esse amor alguém que não o merece tanto quanto você. Mas eu não quero mais ninguem a não ser você.. E saiba que está me traindo com outra. Ó meu Deus, que dor💔😔
Eu- Te traindo? É sério isso?
Ela- Serio. E eu aqui morrendo de amor por ti e me fala de outra Sim, você com outra.
Eu- Vc diz tudo aquilo, parte o meu coração, destrói o que restava da minha auto estima e tem a coragem de dizer que eu te trai?
Ela- Você está me traindo com outra. Meu Deus do ceu. Mulher, como pode?
Eu- Olha... eu não te trai E nós não temos mais nada. N A D A Então, só para com isso. Eu sabia que vc não queria só o meu perdão, sabia que de alguma forma ia quer que a gente voltasse (Aqui eu já sabia que daria uma boa história)
Ela- Eu não ti quero distante de mim ok? Bloquear um amor, não é uma opção sábia O que você sente me ferindo? Eu não ti desejo felicidades com outra pessoa porque eu quero você.. Você é minha mulher. Volta pra gente Porque sabe o quanto te amo e ti quero comigo. É demais como fiquei implorando pelo o seu Amor.. Não irei ti forçar, não irei mais insistir na gente. Que seja o que Deus quiser. Não serei a primeira na vida. Isso acontece🙏
Eu- Assim como eu implorei o seu.
Ela- De tudo que você falou pra mim, e de como falou, revela que não me perdoou. Quem perdoa esquece, e não volta remexendo o mesmo. (Realmente, só falei aquilo pra ela não encher mais o saco)
Ela- Não largue nada da sua vida. Definitivamente quem vai embora sou eu. Não sei mendigar ou implorar por amor. Por tanto, pra ti fazer acreditar que também mudei e sou decidida, irei sumir de vez. Ti juro que não irá mais saber de mim. Que o meu sumisso seja motivo de felecidade eterna em sua vida.
Eu- Olha, essa conversa ja durou tempo demais. Tempo esse que eu poderia está conversando com a minha namorada ou fazendo algo melhor que revirar o passado. Eu não te desejo mal, Cals. Só desejo o melhor pra vc, que vc encontre alguém que te ame. Certo, então é isso Vc vai seguir a sua vida e eu vou seguir a minha. É uma pena tudo ter acontecido dessa maneira, mas não dá pra mudar o passado. Realmente te desejo o melhor e que vc fique bem, que encontre quem te ame de verdade pelo o que vc é e não pelo o que vc tem
(Depois ela rearfirmou que iria sumir da minha vida e tudo mais... e no outro dia mandou um oi, ai levou block. Minha paciência acabou)
submitted by LiviLuthorDanvers to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.02 23:33 hanigares sinto que não conseguir comer e emagrecer ao ficar triste é melhor que comer demais e engordar

gostaria de ser alguém que fica triste e não consegue comer, já que se perde peso. se eu tô triste, como toneladas de doce pq comida dá um alívio, uma felicidade momentânea, e me sinto pior depois (e, claro, engordo ainda mais, o que só colabora pra ficar triste). por isso, sinto que seria melhor não conseguir comer ao ficar triste, pelo menos eu emagreceria, que é o que preciso (estou muito acima do peso). sim, eu sei que esse pensamento é errado, não é um jeito saudável de se emagrecer, eu sei que tenho compulsão alimentar, e deveria fazer exercícios e me alimentar de 3 em 3 horas pra perder peso de maneira saudável, mas eu sinto que simplesmente não consigo...já tentei diversas vezes. tive uma discussão sobre isso hoje com a minha namorada, que é desse jeito que mencionei, no caso, fica triste e não consegue comer, na vdd, ela não gosta de comer, pula refeições, também diz que não sente fome. ela já passou por uns maus bocados por causa disso, maus mesmo, o que me fez sentir mais culpada por pensar assim, mas eu gostaria de ser do mesmo jeito, já que se emagrece assim...sim, ela tem o metabolismo dela, eu tenho o meu, cada pessoa é assim, eu sei disso. mas ainda não consigo deixar de pensar. de modo algum quero zombar do sofrimento de alguém, sei que é realmente difícil comer para algumas pessoas...mas eu precisava muito desabafar isso, esse pensamento, mesmo estando errada. gostaria de parar de pensar assim, mas por enquanto, só consigo pensar que acharia melhor ter que engordar uns quilos do que ter que perder dezenas e só engordar ainda mais
submitted by hanigares to desabafos [link] [comments]


2020.08.01 05:13 Enigma_Machine1 Sobre a vontade de casar e ter filhos e a relação com a pandemia

Eu imagino que todo mundo aqui teve planos adiados ou cancelados por conta da pandemia e da quarentena. Essa última, pelo menos para quem ainda está seguindo.
Lembro que logo antes da pandemia começar com força aqui no Brasil, eu tinha um plano bastante crescente de noivar, casar e ter filhos. Eu conversava bastante sobre isso com a minha namorada e ainda converso.
Não sei se, por conta da distância (nos vemos com uma frequência muito menor agora), essa vontade aumentou. E o que me assusta é pensar se não estamos sendo irresponsáveis de querer fazer tudo isso o quanto antes.
Eu perdi um membro da família para a covid. Isso tem me feito refletir muito sobre a vida - talvez seja daí que venha a minha vontade quase que transbordando agora. Essa pandemia me fez perceber o quanto a vida é frágil e curta. Na minha mente, gostaria de ter filhos o quanto antes para poder aproveitar ao máximo a companhia deles. Claro que tanto eu como ela temos uma estabilidade financeira mínima para pensar nisso, mas mesmo assim ainda tenho um certo receio de estar indo muito rápido com isso. Não tenho nem 30 anos. Muitos me falam para aproveitar a vida ainda, curtir a companhia da namorada, viajar e tudo o mais. Eu consegui viajar bastante nos últimos anos, viagens tanto nacionais como internacionais. Sei que ter filho é um desafio gigante, um esforço muito grande, mas as vezes parece que falam de filhos de um jeito como se você nunca mais fosse ter 5min de tempo livre pro resto da vida. No começo provavelmente não, mas enfim.
Estou discutindo muitos planos com a minha namorada nesse sentido. Não nos importamos muito com a ordem das coisas entre noivacasar e ter filhos. O casamento já estava certo antes mesmo da pandemia, mas claro que agora tudo está temporariamente adiado. Mas por já termos o casamento fixo em mente, independentemente de quando ocorrer, começamos a focar bastante na questão de ter filhos. Nossa vontade está tão alta que não vejo a gente esperando mais 3 ou 4 anos para que isso aconteça.
Estou sendo muito irresponsável em querer isso "pra ontem"? Não quero exatamente ter filho no auge da pandemia, mas gostaria de começar a tentar conceber a criança assim que a situação melhorasse um pouco.
submitted by Enigma_Machine1 to desabafos [link] [comments]


2020.07.28 16:35 OmikePepino Como fui de um Nice guy para um cara realmente legal. Kkkkkk

(para auxiliar na voz, eu sou um homem baixo de 25 anos) kk Oi, Luva, Editouros, gostosos e gostosas que estão acompanhando. Eu gostaria de contar a história de como eu fui um nice guy do qual tenho vergonha e ter sido. A história é grande mas eu juro que o "final" É a melhor parte
Em meados de julho de 2017 eu fazia uso do app do foguinho vulgo "chindler". Fazendo uso do app, eu dei match com uma garota gostosa e burra do jeito que eu gosto (é meme kk) nós conversamos pelo Tiinder e mesmo antes de nos encontrarmos eu já tive meu momento draminha em um assunto meio delicado. Eu sou tatuador, mas na época era apenas um aprendiz sem tatuagens visíveis. Certo dia falei pra ela que tinha intenção de fazer tatuagem na mão por que achava bonito (hoje tenho). Ela disse "se você fizer acho que eu não teria coragem de ficar com você". Não compreendi a motivação dela de dizer isso e disparei "Não vai ser agora que vou me privar de algo que eu gosto. Fui criado por uma família religiosa e já fui privado de uma infância e também de uma juventude saudável, não será agora que eu ou arrumar mais correntes pra me brecarem". Sinto que exagerei nesse momento, ela disse que falei de forma rude, chorou e blablabla. Eu, inocente como até hoje sou, me senti extremamente mal por tê-la magoado. Então pedi desculpa nos resolvemos, então marcamos de nos encontrarmos (no mesmo dia em que entrei para um estúdio de tattoo como aprendiz [pior coisa que fiz] kkk). O estúdio sugava minha sanidade de um lado por me fazerem de escravo, e ela do outro por achar que eu era responsável pela felicidade dela. Eu não podia dar presentes pra ela mas ela queria lanche quase sempre mas eu não recebia pra trabalhar no estúdio. Era simpesmente trabalhar e observar pra aprender algo útil. Nesse vai e volta (dependendo da reação do publico a essa história conto o quão agonizante foi pra mim esse "vai e volta" <3), quando era novembro, aniversário dela, eu queria fazer uma surpresa pra ela, peguei um trocado emprestado com meu irmão (50R$) e comprei uma caixa de doces gourmet com minha amiga e dei de presente pra ela. Ela adorou mas nessa altura nosso relacionamento já estava muito desgastado. (Foi no dia do aniversário dela também quase a matei trocando os medicamentos dela acidentalmente mas não assumo toda a culpa por isso mas é história pra outro momento). No mesmo final de semana desse ocorrido, ela quis ir só Outback, e eu, como um cavalheiro que sou, me senti na obrigação de pagar para ela. Peguei 200 reais emprestado com meu pai e a levei (foi Rolê mais humilhante do meu ponto de vista). Foi eu ela e alguns amigos. Um dos amigos dela falou que se mudaria para Portugal e pra encurtar, ela usou isso de pretexto pra dar total atenção pra ele (ficava abraçada com ele na minha frente enquanto eu estava sozinho sem ter assunto com os amigos dela) e me ignorou totalmente. Me senti deslocado e humilhado. Mas assumo total responsabilidade por não ter aceitado antes que não havia mais um relacionamento. Quando íamos embora ela anunciou que iria pra casa de um amigo dela em Suzano (amigo gente boa. Não desconfio que tenha rolado nada entre elas mas na época eu era ciumento e não compreendia) mas foi nesse momento que me caiu a ficha. Eu desisti de tentar, fui seguir minha vida, sai do estúdio pois não tinha mais sanidade pra permanecer. Fui cuidar de mim e esperar a notícia do término. Então, durante uma festa de halloween, eu fui o maquiador da turma. Enquanto eu fazia uma maquiagem que seria a campeã da competição de fantasia, veio a mensagem: "Michael. Quero terminar" Apesar de já saber disso eu fiquei quebrado, não consegui dizer nada além de "a gente pode ao menos conversar pessoalmente?" Ela disse que não queria me ver ainda. Pra eu esperar uma semana que ela viria até mim ou eu iria até lá. Eu estava muito depressivo e tenho anemia crônica. Meu peso normal é 65kg por que sou baixo. Eu estava com 53kg. Mas eu melhorei, voltei a me alimentar, treinar, fiquei saudável, até que no Réveillon eu me autosabotei da pior forma possível. Eu mandei mensagem desejando feliz ano novo pra ela (eu estava sob efeito de droga). Ela foi super gentil, me desejou de volta. Poderia nascer uma linda amizade nesse momento, mas não. Eu pedi pra voltar. Foi o último não que eu recebi antes do pior momento da minha vida. O ano de 2018 começou intenso. Me envolvi com drogas cada vez mais pesadas, cheguei até mesmo a vender. Só assim pra fingir que ela não existia. Porém, em março eu tomei um baque que foi a notícia que ela estava namorando novamente (direito total dela). Eu decidi que iria voltar a ser um bom filho/ irmão. Pagar tudo que peguei emprestado pra tentar fazer ela feliz (Nice guy falando). Arrumei um emprego, voltei pra academia, ia competir em um campeonato de fisiculturismo quando conheci a minha atual namorada. essa minha atual namorada, é a garota mais inteligente que conheço. Ela me dá orgulho por ser quem é. Minha sogra é um anjo na minha vida. Mas em dezembro de 2018 ela teve uma briga com o padrasto dela e veio morar comigo na casa da minha mãe. Ela prometeu que em janeiro ela já estaria procurando por outra casa e foi exatamente o que ela fez. Em fevereiro ela já estava se mudando para própria casa e disse pra mim: "Se você quiser continuar com sua mãe eu vou entender, mas adoraria que viesse comigo". Nesse momento eu estava desempregado pois estava novamente foco total na minha carreira de tatuagem. Por ela me dar total apoio eu aceitei ir morar com ela até por que minha mãe fazia um esforço imensurável para que eu desistisse de ser tatuador. Focado na vida de casado agora também, eu tive problemas. Não conseguia fazer tatuagens por que a senhoria da casa onde eu morava ficava plotando quem eu levava para lá. Um inferno. As coisas começaram dar errado na minha vida novamente (eu sou um cara azarado mesmo, Lubinha). No mês de maio eu perdi totalmente o tesão na vida. Pensava em suicídio e os caraio por que minha vida passou a desandar. Nem mesmo o amor incondicional que minha namorada me oferecia me confortava. Eu já tinha desistido. Meus amigos me chamavam no portão e eu ignorava. Ficava deitado fingindo que não escutava. Minha namorada comprou ingressos para uma convenção de tattoo para me animar. Funcionou muito bem. Eu voltei a desenhar, entrei numa maré de empolgação que não duraria muito. Eu tomaria outro golpe da vida. Minha máquina de tattoo queimou. Eu estava cheio de esperança no marketing digital mas nem isso deu certo pra mim. Minha namorada vinha me dizendo que estava pesado pra ela cuidar das contas sozinha mas eu não consegui fazer nada. Comecei a procurar emprego e adiar novamente meu sonho por um bom motivo. Mas foram 5 meses sem resultados. No mês de novembro nós mudamos para uma casa maior um pouco mais cara mas onde eu poderia ter a liberdade de vender minha arte. Nessa casa eu consegui trabalhar, fiz bastante trabalhos mas ainda assim tudo voltou a dar errado quando o bico que eu fazia no autódromo parou de acontecer por que estávamos em época de chuva. Eu ganhava menos com tattoo no início da carreira do que como controlador de acesso nesse bico. Eu só me fodo. Kkkkk Minha atual disse que queria um tempo pra ela poder organizar a vida dela. Ela basicamente havia desistido de mim, mas também, quem confiaria em mim se nem eu mesmo acreditava mais??? Se eu não arrumasse um emprego não daria mais. Veja bem como a vida é justa. Nesse momento eu arrumei 2 empregos e o dono do estúdio que eu contatei na convenção me chamou para trabalhar com ele. Kkk vida injusta. Eu estava numa sinuca. Meu sonho e meu amor estavam na mesma mesa cada um rolando pra um lado e eu teria que escolher qual eu salvaria de cair. Depois de muito pesar eu decidi seguir meu sonho. Julguem-me. Minha namorada falava palavras duras pra mim, dizendo que estava exausta, que não daria mais. Chegou a dizer que não me amava mais. Eu insisti por 2 semanas mas decidi dar total liberdade pra ela escolher o que queria: "Você escolhe se quer ficar ou se quer ir. Saiba que eu te amo e vou adorar se ficar, mas se for eu vou ficar bem. Não se preocupe" Ela decidiu ficar. Tudo começou dar certo. Era fevereiro e eu pagava o aluguel e sobrava um bom dinheiro pra gente sair final de semana. Aí um chinês resolveu comer um morcego e todos os estúdios/comércios tiveram que fechar. Desandando novamente. Hoje estou tentando retomar minha clientela que se dissipou demais nesse momento, mas ainda não tenho conseguido produzir nem ao menos o necessário para pagar meu aluguel...
A vida vai continuar me dando essas rasteiras. Mas eu vou levantar sempre, de novo e de novo. Se não tá bom eu vou fazer ficar. Agora eu estou total focado em ficar cada vez melhor no meu trampo pra poder ganhar uns troféus e pra dar a vida que essa minha atual merece. Não sei se falei. Minha atual e minha ex se tornaram muito amigas. Somos isentos de ciúme (acho que é o mínimo necessário pra namorar um tatuador) kkkkk
Desculpa pelo histórião Luvinha. Mas eu tenho uma história dessa tanto pros relacionamentos quanto pra vida profissional quanto pra familiar. Kkkkk
Luba. Caso leia. Sugira pro YouTube colocar um botão pra curtir quando em tela cheia. É muito chato ter que minimizar o vídeo pra dar like. Kk
Plot twist. Acabei de terminar com a minha atual ex.
Amo vocês galera. Agora é eu por mim <3
submitted by OmikePepino to TurmaFeira [link] [comments]


O LOBO QUE QUERIA TER UMA NAMORADA de Orianne Lallemand e ... COMO TER UMA NAMORADA NO MINECRAFT POCKET EDITION ! Vantajes de ter uma namorada perfeita 🥰 - YouTube TIEE - Musicas Que Eu Gostaria De Ter Feito Hugo Sousa  Quem gostava de ter uma namorada como a ... AudioCurso Secreto REVELADO - Como conseguir uma namorada, sendo um CARA LEGAL, APRENDA NA PANDEMIA O real motivo de eu ter uma namorada - Comédia Stand Up de Stevan Gaipo COMO TER UMA NAMORADA NO MINECRAFT! - YouTube Imagine Jimin -'Eu gostaria de ter você por aqui' [Short Vídeo] EU GOSTARIA DE TER APRENDIDO ISSO ANTES DOS MEUS 18 ANOS  Lição Valiosa

será que terei as esperanças de ter uma namorada? - Eu ...

  1. O LOBO QUE QUERIA TER UMA NAMORADA de Orianne Lallemand e ...
  2. COMO TER UMA NAMORADA NO MINECRAFT POCKET EDITION !
  3. Vantajes de ter uma namorada perfeita 🥰 - YouTube
  4. TIEE - Musicas Que Eu Gostaria De Ter Feito
  5. Hugo Sousa Quem gostava de ter uma namorada como a ...
  6. AudioCurso Secreto REVELADO - Como conseguir uma namorada, sendo um CARA LEGAL, APRENDA NA PANDEMIA
  7. O real motivo de eu ter uma namorada - Comédia Stand Up de Stevan Gaipo
  8. COMO TER UMA NAMORADA NO MINECRAFT! - YouTube
  9. Imagine Jimin -'Eu gostaria de ter você por aqui' [Short Vídeo]
  10. EU GOSTARIA DE TER APRENDIDO ISSO ANTES DOS MEUS 18 ANOS Lição Valiosa

Aqui fica o convite para adquirir este excelente livro, a colecção é fantástica: https://www.wook.pt/livro/o-lobo-que-queria-ter-uma-namorada-orianne-lallema... Se eu tivesse aprendido isso antes dos meus 18 anos, talvez seria uma pessoa mais feliz agora. Espero que essa lição te ajude. E-BOOK DO CANAL: https://go.ho... Hoje eu vou ensinar duas formas diferentes de se ter uma namorada ou namorado no Minecraft! CONFIRA E SARAIVA O LIKE!!! ===== TWITTER: https://tw... 🎶TIEE - Musicas Que Eu Gostaria De Ter Feito seleção Gf Pagode , Musicas retiradas das rodas de sambas do cantor tiee nas quais ele canta apenas musicas de outros artistas que ele mesmo diz ... Subscrevam o canal! Hugo Sousa e Érica Rodrigues falam acerca de relações... Imagine Jimin -'Eu gostaria de ter você por aqui' [Short Vídeo] ... 'Eu sou uma péssima pessoa. ... (videochamada) • 'Eu só queria ficar sozinho com minha namorada' - Duration: 6:19. Baby ... Quando eu digo que tenho uma namorada, as pessoas acham estranho, tendo em vista meus atributos de beleza. Quando veem minha namorada comigo, acham mais estranho ainda. COMO FAZER UMA MÁQUINA DO TEMPO QUE FUNCIONA NO MINECRAFT POCKET EDITION ! (Sem Mods) - Duration: 7:35. JP Plays 1,149,246 views PERDAO PELO AUDIO BOSTA, MAS FAÇA SACRIFICIOS, por belos peitos e sorrisos, u.u eu gostaria de ter achado algo assim em PORTUGUES, anos atrás, sério.. '-' Já viu muitos tutoriais por ai de ... minha namorada me maquiou minha namorada me maquiou minha namorada me maquiou minha namorada me maquiou